Fale Conosco  |  Sala Virtual  |  SGI  |  Serviços  |  Indique  >  /consultoria_bsc.asp
Copyright Soluções Simples® 2006 - Todos os direitos reservados
Consultoria Empresarial

Participantes Presentes agora: 36

 

Nome:

Imagens, vídeos, links, apresentações, MS Word, MS Excel, você pode visualizar e mandar o link para os demais participantes.

 

Balanced Score Card (BSC)

“O que não é medido não é gerenciado”

* Introdução

Na era da informação e no mercado altamente competitivo atual é de vital importância para a sobrevivência e crescimento da empresa, a utilização de sistemas de gestão e medição de desempenho derivados de suas estratégias e capacidades.

Surgido em meados dos anos 90, como resposta a histórica contabilidade financeira, cujos resultados da análise de dados financeiros denotam AÇÕES PASSADAS, o Balanced Scorecard (BSC) foi criado a partir da necessidade de uma metodologia estruturada que utilize informações de medida de performance para auxiliar a estabelecer metas estratégicas FUTURAS, alocar e priorizar recursos, confirmar ou alterar a direção da política ou programa atual para atingir essas metas, e reportar o sucesso no alcance das mesmas.

O BSC é uma estrutura que traduz os objetivos estratégicos de uma organização em um conjunto de indicadores de performance distribuídos em quatro perspectivas: Financeira, Clientes, Processos Internos, e Aprendizado e Crescimento.

As quatro perspectivas do BSC permitem um equilíbrio entre os objetivos de curto e longo prazo, entre resultados desejados e os drivers de desempenho que levarão a esses resultados, entre indicadores mais objetivos e subjetivos.

Possibilita, ainda, que todos os componentes das atividades e processos da empresa sejam associados de maneira a ter sempre em vista a ESTRATÉGIA DA EMPRESA como referencial dos sistemas produtivos e gerenciais.

* Identificação do Cenário, Visão e Missão

Antes de se falar em estratégia é fundamental a identificação do cenário de atuação da empresa no que tange a elementos financeiros, produto, mercado e competitividade.

Em face desse cenário, revisar, ou estabelecer as definições de negócio, visão, missão e valores da empresa.

* Condução das Reuniões Estratégicas

O sentido de estratégia compreendido é o de conjunto das relações de causa-efeito entre as quatro perspectivas.

É o processo de escolha de mercado e segmentos de consumidores que a organização pretende atender, identificando os processos de negócios internos críticos em que a unidade produtiva precisa ter excelência de maneira a entregar os valores propostos aos consumidores nos segmentos de mercado objetivados, e selecionando as habilidades individuais e organizacionais requeridas aos clientes internos e objetivos financeiros.

Etapas:

  • - Primeira rodada de entrevistas
  • - Sessão de síntese
  • - Workshops executivos
  • - Definição do plano de implementação
  • - Definição e reunião de sub-grupos
  • - Reuniões de acompanhamento e retro-alimentação

* Elaboração do Mapa Estratégico

A partir da definição da estratégia geral, traduzi-la em ações estratégicas coordenadas entre as quatro perspectivas, mapeadas e sincronizadas através do mapa estratégico.

* Definição de Indicadores

Estabelecimento de índices e indicadores que meçam a capacidade da empresa em atingir os objetivos resultantes das ações estratégicas.

- Comunicação estratégica:

O indicador selecionado enfoca adequadamente a questão estratégica que o objetivo estratégico precisa?

- Repetibilidade e Confiabilidade:

O indicador pode ser medido? Dados fidedignos?

- Freqüência de atualização:

A freqüência de atualização do dado é mensal, trimestral, anual?

- Utilidade para estabelecimento de metas:

É possível estabelecer metas significativas de melhoria?

* Consolidação do Mapa Estratégico

A síntese do BSC, consolidação das estratégias, objetivos e indicadores numa estrutura descomplicada, prática e funcional.

* Acompanhamento e retro-alimentação do sistema

O Balanced Scorecard visa indicadores estratégicos considerando um horizonte de médio a longo prazo, não se restringindo a mecanismos táticos e operacionais.

Com a quantificação de resultados de longo prazo é possível fazer a previsão de ações passo-a-passo, estabelecendo seqüencialmente indicadores financeiros e não financeiros no scorecard, sendo possível identificar mecanismos e prover recursos para atingir os resultados almejados.

Dessa maneira, a organização é capaz de integrar o planejamento estratégico ao processo anual de alocação de recursos a serem investidos.

Terminada a fase de formulação e implantação do Balanced Scorecard, são realizadas revisões de estratégia e, conseqüentemente, de objetivos, metas e iniciativas, possibilitando o monitoramento e ajuste da implantação e, se necessário, alteração.

O fato de a metodologia fornecer informações que irão retro-alimentar o processo de formulação da estratégia constitui-se em mais um aspecto inovador do BSC, que a Soluções Simples traz até a sua empresa de forma totalmente terceirizada e descomplicada, desde as primeiras definições até a implantação e acompanhamento.

Serviços

Sala Virtual
SGI
Nome
Senha
Primeira vez? Registre-se